Às vezes, a vida nos faz dar muitas voltas e acabamos indo parar onde nunca imaginamos ir. Servidora pública durante anos, Marcelle Albuquerque também era revendedora de joias, roupas e maquiagens – uma forma de complementar sua renda. Após o nascimento da filha, Marcelle não teve coragem de voltar a trabalhar e resolveu investir em um negócio próprio. “Comecei a fazer animação infantil e pintura facial em festas. Me sentia realizada! Era algo que eu amava fazer e ainda tinha tempo de sobra para ficar com a minha filha”, conta.

Mas foi na festa de um ano de sua filha que Marcelle descobriu o que faria para valer mesmo. “Na festa, eu lancei a Estação de Tapioca e fez o maior sucesso! Logo em seguida, fechei umas três festas e daí não parei mais. Hoje, já temos dois anos no mercado!”, diz.

Marcelle esteve presente com a Estação de Tapioca na última edição do Mulheres que Transformam Mais e seu estande não ficou vazio por um minuto sequer. “O Mulheres transformou minha vida realmente! Nunca pensei em expor meu trabalho em um evento desse porte. Foi lá que aprendi o que é fazer networking de verdade. Hoje, tenho novas metas, tracei projetos e a cada dia tenho uma nova etapa a ser cumprida”, explica a empreendedora.

Se você pretende seguir os mesmos passos da Marcelle, ela dá a dica: “Fácil não é, mas não desista! Temos que ser perseverantes, pois sempre encontramos pessoas boas em nossa caminhada, prontas para nos apoiar e incentivar”.


Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *